O Presidente do SAMAE Timbó, Waldir Girardi, se reuniu junto ao Major Pablo Davi Henden, que está à frente do comando da Guarnição Especial de Indaial (GEIn); o Tenente-Coronel Pimentel, Chefe do Estado Maior da 7ª Região de Polícia Militar e o Soldado Eugênio responsável, técnico da Central Regional de Emergência da 7ª Região de Polícia Militar.

A conversa foi para tratar a respeito de um convênio entre a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) e o SAMAE, que propõe um serviço de policiamento comunitário, preventivo e ostensivo nas regiões de Timbó onde há instalações da autarquia, desde a captação de água até a ETA, sede administrativa, bombas de água e reservatórios. Além disso, também será realizado o monitoramento eletrônico continuo pelo Centro de Operações Policiais Militares (COPOM), em Blumenau.

“Essa é uma medida que combate e previne problemas relacionados ao vandalismo e ações ilícitas. Os espaços do SAMAE, hoje, são cercados, porém a atuação da polícia é um reforço para evitar que haja qualquer problema. Toda ação e proposta que analisamos prioriza a qualidade dos serviços prestados e o respeito ao dinheiro público”, afirma Waldir.

O Major Henden destaca que a atuação do GEIn, que acontece junto à Polícia Militar de Timbó, tem como finalidade zelar pelo patrimônio público e investimentos que são realizados pelo Poder Público junto à comunidade.

 

Assessora: Aline Brehmer/SAMAE Timbó

Foto: Divulgação/GEIn

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here