Exemplo de boas práticas, reaproveitamento e criatividade a gente vê por aqui! Na Estação de Tratamento de Água (ETA) do SAMAE Timbó, os servidores criaram uma solução para evitar o desperdício que percebiam jogando restos de alimentos fora, que agora se transformam em adubo e compostagem. A horta foi criada há seis anos, nos fundos da ETA, e cresce a cada dia, tendo a participação e colaboração de todos.

“É algo que requer dedicação diária. Estou aqui desde quando o projeto iniciou, sendo um dos apoiadores dessa ideia. Para mim, cuidar desse espaço é algo que traz satisfação e um sentimento bom, porque várias pessoas acabam sendo beneficiadas também”, explica o servidor Célio Mauricenzi.

Hoje, mais de cinco tipos de alimentos são cultivados ali, dentre eles: couve-flor, brócolis, cebolinha, aipim, nabo, couve, alface, cenoura, pimentão, rabanete. A iniciativa, além de garantir ainda mais qualidade na alimentação, pelo fato de o cultivo ocorrer de forma orgânica, garante uma opção fresquinha de verduras e mais nutrientes nas refeições.

“A proposta é reaproveitar sempre. A natureza nos oferece tudo o que precisamos, basta entender de que forma a gente pode utilizar isso a nosso benefício. Somente neste ano produzimos mais de 15kg de aipim e, o que não consumimos, compartilhamos com outras pessoas para nunca desperdiçar”, comenta o servidor da ETA, Josué Neves Costa.

 

Assessora: Aline Brehmer/Samae Timbó

Fotos: Aline Brehmer/Samae Timbó

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here