Entre os dias 05 de fevereiro e 10 de março, o Museu do Imigrante receberá a exposição “Pinturas de Eloá Liz”. A exposição integra o calendário de eventos dos 150 anos de Timbó e apresenta um conjunto de quadros da artista Eloá Liz, radicada em Timbó, que retratam, entre outras coisas, a arquitetura enxaimel que compõe a paisagem timboense.

Natural de Blumenau, Eloá Liz passou a infância e juventude entre Florianópolis e Urubici, com seus avós maternos e paternos. Quando casada morou em Curitiba, São Paulo, e Rio de Janeiro, onde viveu por 18 anos. Veio para Timbó com sua família em 1996, e aqui permanece até hoje. Eloá empreendeu, ao longo dos anos, grande esforço e dedicação para eternizar algumas das mais belas e peculiares construções de Timbó.

“Além de homenagear os 150 anos de Timbó, a exposição é também um tributo a essa artista que tanto se dedicou a nossa cidade”, acrescentou Jorge Ferreira, presidente da Fundação Cultural de Timbó. De acordo com ele, algumas obras da artista irão integrar a exposição permanente do Museu do Imigrante, decorando o local durante as comemorações do sesquicentenário de Timbó.

“A arte é envolvente, é fascinante, é dom de Deus. Nós, artistas, sentimos e agimos diferente, sobre todos os aspectos, em relação ao ser humano, à natureza”, destacou a artista. “A minha definição de arte (pintura) é um momento aprisionado por um olhar”, acrescentou Eloá.

O Museu do Imigrante está localizado no Complexo Turístico “Jardim do imigrante”, ao lado do restaurante da Thapyoka, na Avenida Getúlio Vargas, nº 211, Centro.  O atendimento é de terça a domingo, das 8h30 às 11h30, e das 13h30 às 17h30.

Mais informações: (47) 3382-9458 / museudoimigrante@culturatimbo.com.br.

Serviço:

Exposição Fotográfica “Pinturas de Eloá Liz”

Quando: De 05 de fevereiro a 10 de março

Onde: Museu do Imigrante de Timbó

Horário de Atendimento:  das 8h30 às 11h30, e das 13h30 às 17h30 – de terça a domingo

Endereço: Avenida Getúlio Vargas, nº 211, Centro, Timbó.

Entrada: R$ 2,00 (pessoas acima de 60 ou abaixo de 06 anos não pagam, estudantes e professores pagam metade. Grupos devem ser previamente agendados e turmas escolares do município não pagam).

 

Assessoria de Comunicação

Foto: Everton de Vargas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here