Na sexta-feira, dia 4, a abertura oficial da 29ª Festa do Imigrante esteve totalmente voltada ao aniversário da cidade, que no próximo sábado, dia 12, completa 150 anos de fundação. Iniciou com o desfile até o Parque Henry Paul, onde aconteceu o protocolo com diversas autoridades e a sangria do primeiro barril de chope.

Um dos pontos altos da solenidade de abertura foram as apresentações culturais e os hinos do Brasil, Alemanha, Itália, interpretados pela Banda Municipal Professor João Müller, sob a regência do maestro Luiz Lenzi. Foi também anunciado que no dia 12 de outubro será lançado um documentário especial sobre a história de Timbó. Ela será contada através da narrativa de personagens da cidade que tiveram alguma ligação, seja com o passado ou com o presente do município.

Diversas autoridades fizeram um pronunciamento. O prefeito Jorge Kruger enfatizou o trabalho de construção da cidade, desde sua imigração, enaltecendo todos os que de uma forma ou outra contribuíram e ainda contribuem para Timbó ser a cidade que se tornou. “As dificuldades de nossos antepassados está cada vez mais viva na força do povo timboense e na relação como cada administrador se dedicou à frente do município”, destacou o prefeito.

Deixaram uma mensagem, também, o vice-prefeito Marcelo Luiz Ferrari, o presidente da Câmara de Vereadores, Guilherme Voigt Júnior e o deputado Estadual, Laércio Schuster Júnior. O Grupo Vocalle também participou do protocolo com uma apresentação especial.

E para declarar de fato aberta a 29ª Festa do Imigrante, o diretor-presidente da Fundação de Cultura e Turismo e também presidente da Comissão Central Organizadora da Festa, Jorge Ferreira e o prefeito, Jorge Kruger, realizaram a sangria do primeiro barril de chope, este ano com um barril de carvalho, espirando chope para a surpresa do público. A programação da noite seguiu com a Banda Vox 3, concurso de chope em metro e Banda Munique no palco principal, e a Banda Os Fantásticos no Pavilhão Cultural.

O fim de semana de Festa

No sábado o movimento foi intenso desde a manhã, mas à noite, o grande público presente lembrou o sábado de festa do ano passado, quando o Centro da cidade de Timbó travou, tamanho era o movimento de veículos que se deslocavam em direção ao Parque Henry Paul. Domingo, a chuva atrapalhou um pouco, mas nada que tirou a alegria de quem participou das atrações como a tarde dos Clubes de Caça e Tiro. Outo pouto alto da Festa do Imigrante 2019 são as bandas. A maioria delas também irá animar a maior festa do gênero no país, a Oktoberfest, com destaque para Banda Vox3, Banda Munique, Banda Cavalinho, Lino Orquestra, Velhos Camaradas, Banda Champagne, Banda Society, Os Montanari, Super Banda Choppão e a Banda Nusslberg Buam, da Alemanha.

 Assessoria de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here