Após a análise de técnicos e engenheiros da Prefeitura de Timbó, foi tomada a decisão de que o município irá substituir todas as oito lombadas eletrônicas por faixas elevadas. De acordo com o prefeito Jorge Kruger, que acompanhou de perto os estudos, as vantagens são inúmeras. “Foram analisados todos os detalhes desde segurança, economicidade e mobilidade urbana. As faixas elevadas melhoram as condições de acessibilidade e segurança dos pedestres nas vias públicas; ampliam a visibilidade de motoristas e pedestres na travessia; reduzem a velocidade dos automóveis e ainda trazem economia aos cofres públicos”.

De acordo com Moacyr Cristofolini Jr., secretário de Planejamento, Trânsito, Meio Ambiente, Indústria, Comércio e Serviços, o processo licitatório para as novas faixas elevadas de trânsito, em pontos estratégicos da cidade, já está em andamento. “Por causa de todo o trâmite burocrático que uma licitação exige, devemos ter ainda mais uns 30 dias para que seja definida a empresa que irá construir as faixas elevadas”.

Cristofolini esclareceu ainda que as faixas elevadas, dentro do que exige a lei, são feitas com quatro metros na sua base central e um metro e vinte centímetros nas descidas, tornando os efeitos no trânsito muito mais humanizados, com um olhar mais atento aos pedestres e ciclistas que usam os corredores de serviço.  “Pedimos que nesse período os motoristas obedeçam a velocidade permitida na cidade, que é de 50 quilômetros por hora, em todas as vias”.

O prefeito Jorge Kruger disse ainda que o objetivo do município não é punir com multas, mas buscar soluções que tornem o trânsito mais seguro e humanizado. “É preciso também mais respeito da população às leis de trânsito, mais prudência e educação. O trânsito é uma responsabilidade de todos os cidadãos e não somente do poder público”.

 

Assessoria de Comunicação

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here