As ações e investimentos na mobilidade urbana de Timbó tiveram importantes avanços nos últimos anos, em especial em 2019, quando o Programa Pavimenta Timbó, da Administração Municipal, recebeu mais adesão da comunidade e ainda permitiu a pavimentação asfáltica dos principais corredores de serviços do município. Com foco na melhoria da infraestrutura viária timboense, os munícipes e visitantes ganharam mais mobilidade e segurança no trânsito.

Quando o Programa Pavimenta Timbó foi lançado, em maio de 2017, o objetivo era levar a pavimentação para 100 ruas do município, por diferentes modalidades: obras por mutirão, convênio, com recursos próprios e também reperfilagens. Em 2019, o número de ruas atendidas já ultrapassou 70 e a previsão é de que a meta seja batida no decorrer de 2020.

As melhorias na malha viária timboense refletem diretamente na qualidade de vida da população e em números, pois já foi detectado estatisticamente que houve redução de vítimas fatais no trânsito de Timbó em 70%. Para o Secretário de Planejamento, Trânsito, Meio Ambiente, Indústria, Comércio e Serviços, Moacyr Cristofolini Júnior, há uma explicação plausível para esses dados, pois, “com a pavimentação das vias, também é melhorada a qualidade das calçadas e dos acostamentos. E isso proporciona mais visibilidade daquilo que acontece à frente de motoristas, ciclistas e pedestres”.

Anel viário

Foi pensando no futuro de Timbó que a Administração Municipal priorizou o projeto de implantação do Anel Viário na cidade, que tem o objetivo de oferecer uma rota externa para os veículos pesados e de carga, reduzindo o fluxo de caminhões nas áreas centrais, o que acarreta em mais fluidez no trânsito e ainda a manutenção das vias.

Em 2019, com a entrega do conjunto de obras que contemplou as quatro rotatórias, a ponte entre os bairros Dona Clara e Padre Martinho Stein e ainda, a pavimentação das vias que compõem o Anel Viário externo, foi sinalizada e implantada a Rota de Caminhões do município.

Também neste ano iniciou a pavimentação do Anel Viário Leste, como está sendo chamada a obra da Rua Pomerode, será a maior obra viária em extensão já realizada no município, com 4.605 metros, mais um corredor fundamental para o acesso à BR 470, ligando Timbó a Indaial.

O prefeito, Jorge Kruger, considera de fundamental importância o projeto do Anel Viário, pois, implica em melhorias na qualidade de vida de todas as pessoas, que vivem ou que vem a Timbó. “Estamos empenhados em administrar a cidade para o presente e para as futuras gerações. Esta obra é muito importante porque ela vai melhorar não somente a mobilidade urbana, como ajudar no escoamento da produção, sendo a melhor opção de entrada e saída da cidade para os motoristas. Além disso, o asfalto traz mais qualidade de vida e segurança para as famílias que residem ao longo das vias, com ele também vem as melhorias de meio-fio, calçadas, sinalização, faixas-elevadas, sem contar que o material é mais seguro para a estabilidade dos veículos, reduzindo o risco de acidentes”, enfatizou o prefeito.

Mobilidade em duas rodas

As características naturais de nossa região foram atraindo os ciclistas para Timbó e municípios vizinhos. Com o incremento desse público, também aumentam as responsabilidades da gestão municipal em atender com respeito as necessidades específicas dessa classe. Assim, os projetos em prol do cicloturismo e, também, para a circulação dos ciclistas que utilizam da bicicleta como meio de transporte para o seu dia a dia, receberam a atenção devida das secretarias municipais.

Atualmente, Timbó já possui mais de 20 quilômetros de ciclovias, nos principais corredores de circulação na cidade, e com a finalização das obras de pavimentação da Rua Pomerode e Aristiliano Ramos, esse número deve chegar a 30 km. 

A presença das ciclovias é uma alternativa cada vez mais útil à mobilidade urbana, às finanças pessoais, ao tempo, à saúde do usuário e ao meio ambiente, além de ser um espaço adequado para a circulação de ciclistas, garantindo-lhes mais segurança no trânsito. 

 

Assessoria: Paula Leitão/Ascom PMT

Arte: Jéssica Bilck/Ascom PMT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here