Nesta sexta-feira, dia 1º de dezembro, o mundo se volta para falar sobre a AIDS. Esta data serve não apenas para informar as pessoas sobre os sintomas, perigos e formas de se prevenir da doença, mas também tem a função de auxiliar no combate contra o preconceito que os portadores de HIV – vírus humano de imunodeficiência – sofrem na sociedade por causa da doença.
A AIDS ainda não tem cura, mas tem tratamento que é fornecido gratuitamente pelo SUS. Quanto antes for descoberta a doença, melhor pode ser a qualidade de vida do portador da AIDS. O vírus da AIDS (HIV) destrói as células brancas do organismo, responsáveis em proteger e combater doenças no corpo humano. Com a destruição das defesas do organismo, o corpo fica bastante fragilizado e propício a ser atacado por inúmeras doenças, como pneumonias, infecções, herpes e até mesmo alguns tipos de câncer.
O município de Timbó tem um Serviço de Atendimento Especializado (SAE) para atender os portadores de HIV. O serviço localiza-se na Policlínica de Referências. Esse serviço além de atender os timboenses, também atende os pacientes das cidades de referência Rodeio, Rio dos Cedros, Benedito Novo e Doutor Pedrinho.
O SAE de Timbó atende 216 portadores do HIV, desses 96 são do sexo feminino  (44%) e 123 do sexo masculino (56%). No ano de 2016 foram descobertos 26 casos novos de HIV. Neste ano de 2017 até o dia 23 de novembro foram descobertos 25 casos novos de HIV. “A maioria dos casos novos de HIV são de pessoas heterossexuais casadas, ou que recentemente se separaram. Sendo assim, é importante reforçar que as pessoas que estão em um relacionamento estável também precisam fazer o teste de HIV. Muitas pessoas acreditam que por estarem casadas, não correm o risco de contrair o HIV, assim demoram muito tempo para descobrir a doença e às vezes só descobrem quando já apresentam outra doença como pneumonia, tuberculose ou meningite instalada.” disse a responsável pela Vigilância Epidemiológica Grasiele Campregher. 
A forma mais fácil de saber se a pessoa é portadora do HIV é realizando o teste rápido. Todas as Unidades de Saúde de Timbó realizam o teste gratuitamente. Neste dia 1º de dezembro (sexta-feira) todas as Unidades estarão realizando o teste sem precisar de agendamento. Para fazer o teste é necessário apenas um documento com foto. Não é necessário estar em jejum, nem precisa de pedido médico. O teste é realizado através de uma gota de sangue e em aproximadamente 30 minutos a pessoa tem o resultado. O teste é rápido, sigiloso, seguro e gratuito.
Transmissão
A AIDS pode ser transmitida através do contato de fluídos corporais do infectado com o sangue de uma pessoa saudável, por meio de relações sexuais sem preservativo (camisinha), transfusões de sangue ou compartilhamento de seringas e agulhas. Beijos de língua, abraços ou contatos com a pele da pessoa portadora de HIV não transmite a doença. 
Prevenção
A melhor forma de prevenir o HIV é usando preservativo (camisinha) em todas as relações sexuais (sexo oral, vaginal e anal). Outra forma de prevenir é não compartilhar materiais que possam estar contaminados com sangue como: seringas, agulhas ou instrumentos não esterilizados. Outra forma de prevenir é toda a gestante realizar o exame de HIV durante o pré-natal, para evitar que a doença passe para a criança.
As camisinhas masculinas são distribuídas gratuitamente em todas as Unidades de Saúde de Timbó.
Assessoria de Comunicação 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here