É com o clima quente e úmido que ele costuma se proliferar, mas a Vigilância Sanitária de Timbó está atenta e diariamente realiza a vistoria de armadilhas e dos locais mais propícios à criação do mosquito Aedes Aegypti. As larvas encontradas nesses ambientes são encaminhadas ao Lacen para análise. No segundo semestre do ano passado, dois focos do mosquito foram encontrados no município, mas sem a proliferação da doença.


Assessoria de Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here