A Secretaria de Saúde de Timbó promoveu, durante dois dias, uma capacitação para os profissionais da saúde pública do município sobre doenças raras. Os encontros aconteceram nos dias 14 e 21 de março, na Câmara Municipal de Vereadores, e reuniram agentes comunitários de saúde, técnicos e auxiliares de enfermagem de Timbó. A capacitação aconteceu em dois grupos, para não desfalcar os atendimentos nas unidades de saúde e Policlínica da cidade.

Elen Letícia Evelyn Paulino, enfermeira da Furb (Universidade Regional de Blumenau), foi a palestrante convidada, e falou sobre as Mucopolissacaridoses – doenças metabólicas causadas por erro congênito do metabolismo. A ação teve o intuito de sensibilizar os profissionais da saúde sobre os tipos de doenças raras que existem, que hoje já passam de cinco mil, e todas as dificuldades que os pacientes e famílias enfrentam para conseguir tratamento adequado.

“Nosso objetivo é despertar estes profissionais para a realidade das doenças raras, para que possam prestar a atenção e desconfiar de determinados casos, possibilitando que o diagnóstico seja feito o quanto antes, resultando em um tratamento mais rápido e melhor qualidade de vida aos pacientes”, comentou Fernanda Vicenzi Pavan, articuladora de Educação Permanente em Saúde da Secretaria de Saúde de Timbó.

Anualmente, aproximadamente 16 casos de doenças raras são subnotificados em Santa Catarina. Fernanda explica que nos dois dias de capacitação, os próprios profissionais identificaram sintomas de possíveis doenças raras em pacientes da rede pública de saúde de Timbó. “Agora, o próximo passo é discutir estes casos nas reuniões de equipe para melhor atender os pacientes da nossa cidade”, completou.

Assessoria de Comunicação 

Fotos: Karina Beatrice Frainer

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here