Timbó incentiva a leitura desde o nascimento

170

Gestores da Secretaria Municipal de Educação do município acreditam que a
formação do leitor começa nos primeiros anos de vida.

A Secretaria de Educação (Semed) de Timbó proporcionou em 2018 cerca de 216
horas de formação continuada aos professores e auxiliares vinculados aos Núcleos de
Educação Infantil do município.  Bebês de zero a 1 ano e seis meses e crianças bem pequenas, de 1 ano e sete meses a 4 anos, que manifestam desejo pelo manuseio de livros e esboçam tentativas de fala mediante olhares curiosos para as ilustrações e
vontade de imitar os adultos passaram neste ano a fazer parte de uma cena
comum na cidade.

Professores, auxiliares e coordenadores estudaram ao longo do ano o
desenvolvimento infantil e livros de literatura destinada às crianças desde os
primeiros anos de vida. Quais livros e como oferecer as histórias para as crianças
fizeram parte do contexto da inovação. Orientar as crianças a manusear os livros
sem rasgá-los e estimulá-las a esboçar as palavras passaram a fazer parte da
rotina dos ensinamentos. Todas estas estratégias foram desenvolvidas mediante
estudos teóricos e observações do cotidiano da infância. Nas primeiras ações as
crianças responderam rapidamente com grande interesse pelos livros.

A atual gestão da SEMED tem por objetivo desenvolver, junto com os educadores da infância, uma política  de formação de novos e pequenos leitores. Sabe-se que quanto mais cedo a criança tem contato com livros e com o ato de ler,  maiores são as chances de se
constituir um adepto deste meio de aprendizagem. “Desde que a pasta da infância
passou a compor a Secretaria Municipal de Educação, investimos no trabalho dos
educadores para além do cuidar das crianças, que lá passam boa parte do dia”,
observa o secretário da Educação, Alfroh Postai.

Fases da formação

Foi um calendário intenso de formação continuada que uniu os professores,
auxiliares, coordenadores e Secretaria de Educação em favor do desenvolvimento
infantil das crianças desde a primeira infância, bem como a valorização e a
qualificação do profissional da educação infantil. A formação continuada no ano de
2018 foi realizada com aproximadamente 260 funcionários e passou por cinco
estágios: etapa inicial de estudos no local de serviço, em abril; estudos teóricos
com os educadores, em maio; formação em serviço no cotidiano de trabalho dos
profissionais e na rotina das crianças de zero a 4 anos ao longo dos meses de julho,
agosto, setembro e outubro; construção preliminar do documento oficial de
estimulação leitora para a infância, nos meses de outubro e novembro; e encontros
de fortalecimento dos trabalhos junto com os coordenadores dos núcleos em
novembro e dezembro. “Se a criança que passa pelos núcleos tiver oportunidade de
ouvir histórias e conviver com livros de todos os tipos, sem dúvida ela desenvolverá
o seu potencial linguístico e cognitivo”, constata a Assessora dos Núcleos de
Educação Infantil da Semed, Maria Aparecida Ferreira. “No processo de formação,
os educadores ampliaram seus conhecimentos a respeito desta nova estratégia
educacional”, conclui.

Assessoria de Comunicação

Fotos: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here