O incêndio no Museu Nacional, no último domingo (02), no Rio de Janeiro, trouxe à tona o debate sobre a segurança de espaços como estes. Em Timbó, manutenções preventivas contribuem para que a cultura e a história de várias gerações sejam mantidas no Museu da Música, Museu do Imigrante e Museu Casa do Poeta Lindolf Bell. “Preservar nossos museus é uma forma de garantir um futuro melhor para as próximas gerações”, destacou o presidente da Fundação Cultural de Timbó, Jorge Ferreira.

Ferreira explica que os locais passam regulamente por vistorias, para garantir a segurança de visitantes, dos arquivos e do próprio prédio. De acordo com ele, a manutenção é o primeiro passo para prevenir incidentes como o que houve no Rio de Janeiro. “Nós temos a preocupação de realizar vistorias anuais e a manutenção da rede elétrica em cada um destes espaços, além de proporcionar treinamento aos colaboradores dos museus para que saibam prevenir e identificar situações de risco”.

A tragédia no Museu Nacional já é considerada a maior perda histórica e científica do Brasil, e reacende, também, a discussão sobre a importância de preservar o passado. “Museu não é depósito de coisas velhas, muito pelo contrário. Tem o papel importantíssimo de manter a história e a identidade sociocultural do povo”, declarou Ferreira.

Visite nossos museus!

Museu do Imigrante
Endereço: Avenida Getúlio Vargas, nº 211, Centro
Atendimento de terça-feira a domingo: 08h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Fone: (47) 3382-9458

Museu Casa do Poeta “Lindolf Bell”
Endereço: Rua Quintino Bocaiúva, nº 902, Quintino
Atendimento de terça-feira a domingo: 08h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

Fone: (47) 3399-2074

Museu da Música
Endereço: Rua Edmund Bell, s/n. Rodovia SC 477, KM 05, Dona Clara
Fone: (47) 3399-0418
Atendimento de terça-feira a domingo: 08h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

 

Mais informações: www.culturatimbo.com.br

Assessoria de Comunicação

Foto: Ieda Funari

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here