Em menos de duas semanas iniciam as aulas e, nesse momento, muitos pais e estudantes iniciam sua procura pelo material escolar. Para auxiliar nessa pesquisa o Procon Timbó divulgou a pesquisa realizada em nove estabelecimentos da cidade que comercializam itens de material escolar e papelaria em geral.

Ao todo, foram considerados o menor e maior valor de 24 produtos, não levando em consideração a marca de cada um. As quatro maiores variações de preço encontradas foram no valor do apontador, que varia entre R$ 0,25 até 29,95 (9.880% de variação); tesoura, que varia entre R$ 0,20 até 12,90 (6.350% de variação); borracha branca, que varia entre R$ 0,40 até 7,45 (1.763% de variação) e caneta esferográfica, que varia de R$ 0,50 até 8,95 (1.690% de variação). Já o produto com menor variação no valor foi o maço de Papel A4 com 100 folhas, que varia entre R$ 3,99 até 6,50 (63% de variação).

O coordenador do Procon Timbó, Osvaldo Roberto Brodwolf, destaca que, diante da imensa diversidade de produtos e marcas, foi preciso restringir esta pesquisa, a fim de torná-la mais prática e compreensiva. “Não é correto afirmar que há preços abusivos ou outra violação nos estabelecimentos de Timbó, justamente em razão da variação de marcas e liberdade do mercado para comercializá-las”, analisa.

Qualquer dúvida o consumidor pode fazer contato com o Procon, na Prefeitura de Timbó, telefone 3399-0574 ou número 151, e ainda, por e-mail [email protected]

Para conferir a Pesquisa de Preços dos Materiais Escolares 2021.

 

Assessora: Aline Brehmer/Ascom PMT

Arte: PMT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here