Prefeitura de Timbó irá trabalhar no horário normal neste verão

240

Este ano a Prefeitura de Timbó vai trabalhar no horário de expediente normal nos meses que antecedem o final de ano e no início do ano que vem, ou seja, das 8h ao meio dia e das 14h às 17h.

A decisão foi do executivo municipal que busca com isso atender de forma integral e melhor a população e a classe empresarial, principalmente quem precisa dos serviços das mais variadas secretarias.

A mudança de hábito por parte do funcionalismo público municipal, de acordo com prefeito Jorge Kruger, vai beneficiar a comunidade em geral, se aproximando do que pratica a iniciativa privada. O prefeito salientou que já havia levantado essa bandeira desde sua campanha ao cargo. Ele entende ainda que a população não pode ser prejudicada no seu atendimento por causa de um privilégio concedido ao serviço público.

O prefeito disse também que sempre ouviu a todos e buscou conceder dentro das possibilidades todas as reinvindicações do Sindicato dos Servidores Públicos, em benefício do servidor municipal, como a regularização do plano de saúde do funcionalismo. “Tenho certeza que haverá o entendimento de nossos servidores, porque apenas estamos buscando atender melhor nossa comunidade”.

“Estamos vivendo um novo momento no trato da coisa pública”, acredita o prefeito Jorge Kruger. Segundo ele, todos clamam por mais seriedade, menos privilégios e mais eficiência no serviço público. Nesse sentido, o executivo municipal também cortou privilégios para garantir mais investimentos. Desde o início de seu mandato, por exemplo, o prefeito Jorge Kruger abdicou de todos as benesses como diárias, celular e veículo exclusivo. “Devemos sim cobrar mais eficiência dos governos, mas também precisamos dar a nossa contribuição. O exemplo deve começar por nós, se quisermos ter um país melhor”.

Prefeitura de Timbó viabiliza corte de gastos para gerar mais investimentos na educação

Está em análise na Câmara de Vereadores um projeto do executivo que prevê a economia de R$ 1,6 milhão por ano com a extinção de cargos da administração direta. A medida já faz parte da minirreforma no governo do prefeito Jorge Kruger. “Com essa economia vamos poder investir mais R$ 1,5 milhão na Educação municipal, com a contratação de servidores em áreas específicas”.

A partir do ano que vem o município contratará, por processo seletivo, uma equipe multidisciplinar para atender a Educação, formada por um psicopedagogo, um pedagogo graduado em educação inclusiva, um psicólogo e um fonoaudiólogo educacional e mais a contratação de cerca de 50 servidores para o acompanhamento individual de alunos.

Para o secretário de educação, Alfroh Postai, esses novos investimentos na educação infantil e fundamental vão promover mais qualidade no ensino municipal. “São investimentos importantes do executivo que vão melhorar a qualidade do ensino, priorizando os alunos que precisam de mais atenção e carinho de nossos profissionais. As seis escolas municipais também serão contempladas com uma sala para o atendimento educacional especializado, com um profissional disponível durante o contraturno escolar”.

Assessoria de Comunicação

Foto: Gustavo Peyerl

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here